quinta-feira, 18 de junho de 2009


"Eu de muito boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas, ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado"(2Co 12.15)

O apostolo Paulo demonstrou não somente em palavras, mas em ações, que era um Líder, e que se dobrava e desdobrava pela obra do Senhor, especificamente pela Igreja.

Neste verso encontramos seu despreendimento: "Eu de muito boa vontade gastarei..."

Vontade expressa desejo, ânimo, interesse. Paulo era favorável a se gastar, ou seja: consumir-se pela Igreja do Senhor, a noiva do cordeiro a ponto de revelar aos obreiros de Éfeso dizendo: "E agora, eis que, ligado eu pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer; senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações. Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus"(At 20.22-24). Aleluia!

Paulo tinha alegria em fazer isso e queria cumprir seu ministério com alegria. Isso é convicção!

Ainda diz: "... e me deixarei gastar pelas vossas almas": Entrega! Renuncia! Esta é a lição que Paulo nos dá. Ele se entregou totalmente ao Senhor e pelo Senhor. Estava disposto a sofrer agruras pelo nome de Jesus e pela vida espiritual da Igreja. Estava ciente que corria o risco de ser menos amado por causa do seu zelo para com a obra de Deus, mas, sua convicção em relação a isso era certa: Cada dia que se passar eu vos amarei mais e mais- dizia Paulo.

À igreja de Corinto, ele expressa seu sofrimento por causa do Evangelho (Leia 2Co 11.23-28). Paulo chega a dizer: "Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas". O peso da responsabilidade que carregava em seus ombros era tido como opressão, não no sentido de mal, mas para Paulo era "forte pressão sobre ele"o seu zelo pela Igreja.

Uma vez ele chegou a bradar: "Oxalá me suportásseis um pouco na minha loucura! Suportai-me, porém, ainda. Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo"(2Co 11.1-2). Esse é um exemplo de um líder que se desdobrava pela igreja!

E convicto disso, Paulo no final de sua carreira diz a Timóteo: "... o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé... O Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios, a ouvissem: e fiquei livre da boca do leão... E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial" (2Tm 4.6-7; 18-19).

por

Edson Luís Lunardelli, Pastor